Tags

Qual o sentido dos esforços?
Por que precisamos trabalhar sempre?
Em volume de respostas, o mais provavel é que nos movemos porque sim.
Não descobrindo um sentido para justificar a inércia o deslocamento parece razoável.
Mas e se assumirmos que não conseguimos?
E se o fracasso também for uma perspectiva?
Não há tanta distancia assim entre luta incessante e resignação precoce.
E por que precoce? Pode ser só o temnpo certo; o tempo possivel.
O fato é que quando se assume o fracasso não há mais fracasso.