Paulo Rosenbaum

 

Jornal do Brasil

Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2014

Coisas da Política

Hoje às 06h00

Para não amanhecer em Caracas

Paulo Rosenbaum*

Não é difícil ficar aflito testemunhando o que está acontecendo pelas ruas. Afora o número incrível de passionais que querem marchar contra e a favor, o País soluça e há cada vez mais gente querendo que uma democracia jovem resolva tudo. Tudo ou nada. Legiões de diagnosticadores, multidões de juízes imediatistas e um império de convictos. Curiosamente são os mesmos torcedores fanáticos que migram da sede dos partidos para a arquibancadas com as organizadas.

 A questão pode ser menos nosso sistema mental classificatório e muito mais a incapacidade de guardar conosco o que realmente achamos das coisas e das pessoas. O que antes era “pensar cá com meus botões” não serve para mais nada. Não se pode mais ter uma opinião e simplesmente guardá-la. É preciso…

Ver o post original 468 mais palavras