Preconceitos, como já nos ensinou a hermenêutica filosófica, não podem ser desprezados. Eles não só existem como vez e outra sua força reprimida vem à tona, eclodindo de forma nua, inaudita, e, às vezes, execrável. A verdade simplesmente escapa das bocas. Por outro lado, a promoção da cultura da paz é um elemento essencial para qualquer civilização e ela – se é que ainda há o que possa — asseguraria os direitos civis.

Paulo Rosenbaum

Não compreendo a mídia. Aliás, há muito desisti.

Claro, sempre se soube. Havia interesses ocultos em jogo, faz parte do jogo de joão-bobo disfarçado de democracia representativa, mas não é que os jornais de São Paulo quiseram fazer uma campanha “pelo Metro na Rua Sergipe”.

Eu particularmente não sei se apoio ou não a ideia. Depende, depende se o governo do estado e a prefeitura da cidade vão se empenhar na melhora do policiamento no bairro (praticamente abandonado neste quesito), ser mais célere na limpeza das ruas, e, finalmente, fazer os estudos técnicos que realmente beneficiem as pessoas. As pessoas esperam sobriedade do poder público quando for tomar uma decisão importantíssima como o traçado das estações. Não se pode mudar ou retocar trajetos de trens com base na gritaria nem durante uma intuição em entrevistas para colunistas sociais.

Por fim, a cobertura jornalística parece esquecer-se de que muitos dos benefícios…

Ver o post original 661 mais palavras