O segredo dos livros mais vendidos (Por Eduardo Salomão)

“Todo editor está sempre em busca de um bom livro para publicar, seja ele técnico científico, escolar, ficção ou um romance. De autor conhecido ou não. Para uma casa editorial, que vive de suas publicações, bom livro para publicar tem conteúdo relevante e/ou interessante, e, traz lucro.

Existe uma categoria de livros que vendem mais, MUITO mais: o best seller. Encontrar este prêmio pode ser fruto do investimento em uma rede de prospecção de originais, ou simplesmente um golpe de sorte. Não são poucos os casos de pequenas editoras que encontraram o “grande prêmio”, mas, de forma geral, o poder econômico das editoras maiores é recompensado com maior quantidade de “best sellers”.

Mas, e se não for assim? E se capacidade de identificar e publicar livros de grande volume de vendas não obedecer ao esforço de prospecção por novos livros? E, se uma editora encontrar algum mecanismo diferenciado para publicação de “best sellers”?

Neste livro, Paulo Rosenbaum apresenta uma ficção envolvente, sobre uma editora que se destaca no mercado por sua enorme e inacreditável capacidade de publicar best sellers. Por isso a aventura de Paulo pela ficção, me encantou. Em Navalhas Pendentes, ele encontrou o segredo dos livros mais vendidos.”

Eduardo Salomão

_________________________________________________

“A lei de direitos autorais pode ser rastreada desde suas origens até 1557 na Inglaterra. No início, o ‘direito de cópia’ foi usado para censurar a impressão, dando à Coroa a capacidade de confiscar livros não aprovados. Isso mudou em 1710 quando o Parlamento quebrou o monopólio ao aprovar o Estatuto de Anne, que estabelecia limites fixos de prazo para os direitos autorais. Hoje, o Estatuto de Anne é visto como a primeira promulgação do copyright moderno. Mais importante ainda, o Tratado eliminou a exigência de que todas as cópias de uma obra contenham um aviso de copyright.” Sociedade Americana de Fotógrafos da Mídia, 18 de dezembro de 2021.”

18 de dezembro de 2021

O primeiro produto comercializado foi o livro. Empresa transnacional de tecnologia, criada por em 1994 nos Estados Unidos, pioneira no comércio eletrônico, computação em nuvem, streaming digital e inteligência artificial. Em 2019, tornou-se a empresa mais valiosa do mundo, ultrapassando a Microsoft. O fundador, tornou-se, desde 2018, o homem mais rico do planeta, com um patrimônio estimado em 376,1 bilhões de dólares.