Como pode ser que drogas tão diversas e inespecíficas atuem favoravelmente sobre a infecção causada pelo SarsCov2?
 
Minha hipótese: juntam-se as teses do Prof. W.E. Maffei e a do Dr. Samuel Hahnemann: se for mesmo o caso de agirem com efetividade, elas produziriam distúrbios e doenças artificiais e desviariam o órgão de choque, e assim evitariam a tempestade imune, considerada a grande responsável pelo agravamento dos quadros clínicos.
É só uma hipótese, mas estou convicto dela até que se prove o contrário.